Criadores de conteúdo: 5 dicas para criar uma comunidade

comunidade

Dizem por aí que o conteúdo é pra atrair os membros da sua comunidade, mas para reter eles, precisa de uma comunidade engajada.

E nós, no Klubs, acreditamos nisso.

A atenção é um recurso precioso e fugaz, construir uma comunidade engajada se tornou crucial para o sucesso de criadores de conteúdo.

Por isso, não apenas serve como base de fãs leais, mas também se transforma em um ativo valioso para impulsionar o crescimento e a monetização.

Neste artigo vamos te dar uma dicas pra você engajar seus membros e exemplos de cases de sucesso pra você se inspirar.

Bora lá?

1. Conheça a alma da comunidade dos criadores de conteúdo

Para construir uma comunidade próspera, o primeiro passo é entender profundamente seu público.

Utilize ferramentas de análise para desvendar os segredos da sua audiência: quem são eles, quais são seus interesses, como interagem com seu conteúdo?

Essas informações são cruciais para criar conteúdos que realmente ressoem com seus seguidores (nas redes sociais) e os membros (na sua própria comunidade whitelabel), assim os mantem engajados e os transformam em fãs apaixonados​​​​.

No livro People Powered, Jono Bacon compartilha o exemplo da plataforma GitHub.

Compreendendo a fundo os desafios e interesses dos desenvolvedores, a GitHub conseguiu criar um espaço onde os membros se sentem valorizados e engajados, resultando numa rede colaborativa​​ e mega engajada.

2. Interação: A parte mais vital.

A comunicação bidirecional é a alma de qualquer área de membros engajada.

Você, como criador de conteúdo e líder da sua comunidade deve responder aos comentários com entusiasmo, participando de discussões e estando sempre presente para seus seguidores.

Exemplo disso são as Lives no Instagram, TikTok ou YouTube que são ferramentas poderosas para criar uma conexão mais pessoal e direta com sua audiência.

Você também pode moderar sua comunidade num fórum como o da Klubs.co

Ter um tempo de resposta padrão pra não deixar os seus membros sem comentários ou resposta é fundamental.

Também, você pode utilizar os recursos enquetes e perguntas para manter a interação constante e fortalecer a conexão entre seus membros.

Um outro case é a comunidade da Sephora, que utilizou fóruns e eventos ao vivo para interagir diretamente com seus clientes.

Essas interações constantes fortaleceram a lealdade dos clientes e transformaram a comunidade em um espaço dinâmico de troca de ideias e feedbacks​​.

“A comunicação é a linha vital de qualquer comunidade bem-sucedida, criando um ciclo contínuo de feedback e engajamento.”David Spinks

3. Um lar virtual para seus membros

Criar um espaço exclusivo para seus membros, como um grupo no WhatsApp ou Telegram, ou até mesmo uma plataforma whitelabel personalizada, oferece um lar virtual aconchegante onde seus seguidores podem se conectar de forma mais profunda e pessoal.

Isso aumenta o senso de pertencimento, impulsiona a lealdade e cria um ambiente propício para o compartilhamento de ideias, experiências e colaborações​​​​.

Outro caso de sucesso é o Ubuntu, que criou uma plataforma própria para seus membros se conectarem, colaborarem em projetos e compartilharem conhecimentos.

Este “lar virtual” fortaleceu as conexões entre os membros e impulsionou o crescimento do Ubuntu como uma das distribuições Linux mais populares​​.

Mas no caso do Ubuntu, é uma comunidade de desenvolvedores e é fácil pra eles criar uma plataforma própria. Se você é criador de conteúdo, te recomendamos ler este conteúdo aqui pra você entender os benefícios de uma plataforma whitelabel num modelo de SaaS (Sotfware as a service)

“Um espaço exclusivo para sua comunidade é essencial para fomentar um senso de pertencimento e colaboração.” – Emiliano Agazzoni, Fundador da CM School.

4. Ofereça valor consistente.

Sua comunidade merece ser recompensada por sua lealdade e engajamento.

Ofereça valor constante através de conteúdos exclusivos, descontos especiais, workshops, eventos online ou até mesmo acesso antecipado a lançamentos.

Compartilhe sua jornada, aprendizados e insights, demonstrando que você se importa genuinamente com seus seguidores.

Isso fortalece os laços, transforma seguidores em defensores da sua marca e impulsiona o crescimento da sua comunidade.

5. Sua comunidade como motor de crescimento

Uma comunidade engajada se torna um poderoso motor de crescimento para criadores de conteúdo.

Este tipo de estratégia se chama Community-led Growth e temos um artigo dedicado exclusivamente a este tipo de estratégia.

Seus seguidores ou membros da sua comunidade se transformam em embaixadores da sua marca, promovendo seu conteúdo organicamente para seus próprios círculos de influência.

Um exemplo disto é um programa UGC (User-Generated Content).

Essa amplificação natural do seu alcance impulsiona o reconhecimento da sua marca, atrai novos seguidores e aumenta suas chances de sucesso​​​​.

A comunidade do Duolingo aproveitou sua comunidade para crescer exponencialmente.

Os usuários ativos da plataforma não apenas aprendem línguas, mas também promovem o aplicativo para seus amigos e familiares, contribuindo para o crescimento orgânico da base de usuários​​.

Uma comunidade engajada é o motor de crescimento mais poderoso que um criador de conteúdo pode ter.

Para finalizar, um resuminho pra você:

Deu para aprender rapidamente o que se precisa para engajar os membros ou clientes da sua marca?

Acontece que construir uma comunidade engajada não é apenas uma estratégia de marketing, mas sim um investimento no futuro do seu negócio ou marca.

Ao seguir essas dicas essenciais e se dedicar a criar um ambiente autêntico para seus membros, você estará no caminho certo para construir uma comunidade engajada que impulsionará seu crescimento, fortalecerá sua marca e te acompanhará em sua jornada rumo ao sucesso.

Muito importante:

  • Autenticidade: Seja genuíno e transparente em suas interações com a comunidade.
  • Consistência: Mantenha um ritmo regular de publicações e interações.
  • Valor: Ofereça conteúdo de alta qualidade e experiências valiosas aos seus seguidores.
  • Escuta ativa: Preste atenção ao feedback da sua comunidade e utilize-o para aprimorar suas estratégias.
  • Paciência: Construir uma comunidade leva tempo e dedicação. Comece pequeno e vá crescendo gradualmente.

Se quiser aprender mais sobre como criar uma estratégia de engajamento de sucesso crie agora a sua comunidade no Klubs e entre no programa de aceleração de comunidades.